SETE POVOS DAS MISSÕES

Em direção a fronteira do RS, passando por Ijuí e Santo Ângelo, se chega a São Miguel das Missões, cidade que se formou e vive em função do turismo a uma das reduções mais importantes e preservadas dos Sete Povos.

A História do Brasil passa pela história dos Jesuítas e muito mais a região sul, especialmente o Rio Grande.

As ruínas da redução de São Miguel são impressionantes, bem cuidadas e divulgadas. Pode-se visitar o parque de dia e a noite assistir ao espetáculo de som e luzes que conta a história do lugar e de quem viveu ali. No escuro, sob o céu de estrelas, é possível se sentir dentro da batalha em que tombou o índio Sepé Tiaraju. Muito legal!

Há bons lugares de hospedagem e o custo para o espetáculo noturno e a visita às ruínas era acessível.

De São Miguel, passamos por Cruz Alta e Santa Maria, onde é obrigatório comer o famoso "X" do RS (prensado com pão de hambúrguer e generoso recheio de diversos sabores. Inconfundível!)

O ponto de parada foi São Martinho da Serra.