19 - EM CASA, ENFIM

Como dizia no texto que completava a fotografia no capô de nosso carro: o caminho é o melhor da viagem. E de fato, comprovamos isso nesta aventura. Foi pelo caminho, pela paisagem, pela conversa com as pessoas, que descobrimos sua beleza. E que belezas! No deserto, na paisagem nevada, nos centros urbanos, nos pontos sagrados. No Peru e na Bolívia, descobrimos um povo sofrido, carente, orgulhoso de sua origem indígena e suas tradições. De certa forma, uma representação muito viva  de um passado que leva as origens da própria América Latina. Vimos avanços políticos e estruturais nestes países, que devagar estão  melhorando a vida do povo. Experimentamos muitos sabores, muitas cores. E emoções especiais nas ruínas de Machu Picchu e no Vale Sagrado. Ao se aproximar do passado é possível aprender muito sobre o presente. E esse aprendizado  fica em nossa bagagem para toda a vida. E é isso que nos motiva a viajar, a continuar traçando caminhos e sonhando com a próxima aventura.  Neste momento em casa, de volta ao trabalho, aos estudos, ao convívio dos amigos e da família, apenas agradecemos a todos que estiveram conosco, com quem vamos dividir  tantos ganhos, tantas histórias, tantas impressões angariadas neste percurso de 27 dias e 10.500Km. Nosso obrigado  e até a próxima.

  .