A CAMINHO DA CHAPADA

Que trajeto! O contraste da movimetada Brasília com um mundo diferente, sem construção e pouca gente. Retas intermináveis pelo meio do Cerrado, “a savana com a maior biodiversidade do mundo”.
E pela cabeça dos pilotos passam muitas coisas: uns pensam no caminho de volta, outros na felicidade de estar ali vendo o que todos mereciam ver. Em todos, a certeza de estar valendo muito a pena.
Neste trajeto muito vento. Dificultou um pouco mais a direção das motos e danificou o toldo do reboque, o que obrigou uma parada para ser enlonado.
E tivemos um caroneiro, sr. Uílson. O destino se fez presente para provar que nada é por acaso. Sr Uílson mora na cidade de Alto Paraíso, para onde íamos, e indicou a pensão para ficarmos, além de dar muitas dicas sobre os pontos de visitação na Chapada dos Veadeiros.

E ainda teve o incrível episódio do escorpião voador!