DEPOIS DO DESCANSO MAIS NOVIDADES

Em Tucuruí, uma visita a Usina Hidrelétrica é programa obrigatório.
Desta usina saem cerca de 20% da energia que abastece o país. Os dados divulgados sobre a primeira fase de sua construção são impressionantes: o concreto usado na obra daria para construir 1067 edifícios de 12 andares ou 93 Maracanãs. O aço daria para fazer 19 torres Eiffel ou se emendados dariam 04 voltas ao redor da terra. Tudo é muito grandioso, como o lago formado pela a Usina, que equivale a 07 baías da Guanabara. A vazão do seu vertedouro é a maior do mundo em volume. Ela é considerada a maior em geração de energia do Brasil, já que Itaipu é Binacional e tem sua capacidade dividida entre Brasil e Paraguai.
Depois da visita às instalações da usina, um passeio de barco pelo lago com direito a um mergulho para amenizar o calor de quase 35 graus.
E em Tucuruí experimentamos mais uma comida regional maravilhosa: o “Tucunaré no saco” é temperado com molho “shoyo” e servido com farofa, arroz, vinagrete e pimenta. Uma delícia.

E veja ainda, clicando aqui, uma galeria especial de fotos com flores do cerrado. São belas imagens que o grupo quer dividir com os amigos.